quarta-feira, 23 de Abril de 2014

Alan Horn, presidente da Disney, revela algumas novidades sobre o Ep. VII


O presidente da Disney, Alan Horn, voltou a falar sobre a pré-produção de Star Wars: Episódio VII, desta vez durante uma conferência realizada ontem no Festival de Tribeca, em Nova York. Ele reafirmou que o elenco está quase completo e que um anúncio será feito em breve. Portanto, nenhuma novidade nesse sentido.

Horn disse porém algumas coisas interessantes sobre o filme que até então não tinham sido mencionadas. Por exemplo, sobre o envolvimento de George Lucas com o projecto, o executivo afirmou, de acordo com a Variety, que o criador de Star Wars está a colaborar como consultor da produção, dando dicas ao realizador J.J. Abrams e à sua equipa. Ele continua assim envolvido apesar de já não ter direitos formais sobre a franquia.

“O entendimento é que ele nos vendeu a Lucasfilm, e ele sabe disso. Portanto, somos nós que controlamos essa propriedade em primeiro lugar. Mas ele é uma pessoa muito valiosa. Ele é o pai de tudo aquilo. Kathleen [Kennedy, actual presidente da Lucasfilm] é que está mais com ele, penso eu”, disse.

Horn também comentou sobre o orçamento do novo filme e disse que o valor final ainda não está fechado, mas que deve ficar entre 175 milhões e 200 milhões de dólares. Ele afirmou que viajará para Londres esta semana para conversar com Abrams sobre o guião.

A data de lançamento do Episódio VII está marcada para 18 de Dezembro de 2015, marcando a primeira vez que um filme da franquia não será lançado em Maio. Para a alegria de muitos fãs, Horn disse que as estreias dos próximos filmes poderão voltar para a época tradicional e que mesmo o Episódio VII poderá ainda ser adiado para Maio de 2016. Contudo, ele afirmou que ainda é cedo para dizer o que acontecerá, já que tudo depende dos roteiros ficarem prontos a tempo.

Fonte: cinemaemcena.com.br

Disney lança clip da série animada "Star Wars: Rebels"

A nova série Star Wars Rebels vai estrear no segundo semestre com um especial de uma hora no canal Disney XD e agora nós podemos ver pela primeira vez em mais detalhe como será o desenho.

O produtor executivo Dave Filoni e a atriz Vanessa Marshall, que dá voz à líder rebelde Hera no vídeo, revelaram o breve clip há uns dias durante um painel na WonderCon, que aconteceu na Califórnia.

O estilo de arte lembra um pouco a série "A Guerra dos Clones" e Filoni disse no painel que a equipa estava a tentar captar o visual dos filmes clássicos: “Aquilo que eu vi quando era criança, em Uma Nova Esperança e O Império Contra-Ataca”.

Ele acrescentou ainda que a série vai concentrar-se num grupo de rebeldes e que se passará entre "A Vingança dos Sith" e "Uma Nova Esperança", e  que devemos ver muito mais em breve. Mas por enquanto, este breve clip vai ter que chegar:


sexta-feira, 18 de Abril de 2014

Feliz Páscoa!


A Clone TV deseja a todos os seus espectadores/leitores, visitantes, colaboradores e amigos uma Boa Páscoa.

Que a Força esteja convosco!

Gentle Giant anuncia novas peças Star Wars para 2015

Na sua última newsletter a Gentle Giant deu a conhecer algumas das suas peças Star Wars que deverão sair logo no primeiro trimestre de 2015. Podem clicar em cada uma das imagens para ver, com mais detalhe, as informações disponibilizadas sobre o Darth Vader (com cerca de dois metros de altura) e Ezra & Chopper (da série animada Star Wars Rebels). Fica ainda a promessa de uma surpresa relativa a Star Wars: The Empire Strikes Back




terça-feira, 15 de Abril de 2014

Entrevista a Steve Sansweet, responsável pelo Rancho Obi-Wan


FOR THE ENGLISH VERSION OF THIS INTERVIEW, PLEASE FOLLOW THIS
---


Steve Sansweet fez da sua paixão por Star Wars uma segunda profissão, uma colecção grandiosa e um conjunto de amizades com fãs de Star wars espalhados por todo o mundo. Depois de ter escrito 16 livros sobre Star Wars, Steve é agora o Presidente e CEO do Rancho Obi-Wan, uma organização sem fins lucrativos que pretende educar e inspirar. Além de tudo isto, foi ainda um dos responsáveis pelo crescimento das Celebrations, eventos destinados a celebrar Star Wars, e é membro de vários grupos de fãs espalhados pelo mundo, com destaque para a Legião 501.

No ano passado, Steve Sansweet viu a sua colecção de Star Wars ser reconhecida pelo livro do Guiness, motivo pelo qual a Clone TV decidiu que era a altura indicada para estar à conversa com este vulto do mundo Star Wars mas que, no fim do dia, é apenas mais um grande fã como tantos de nós.

Clone TV: Antes de começarmos, aqui na Clone TV, gostaríamos de o congratular por ter tido a sua colecção pessoal reconhecida pelo Guinness em Setembro do ano passado. Podia contar-nos um pouco mais sobre o processo que levou a colecção a constar do livro de recordes e como se sentiu quando tudo foi oficializado?

Steve numa sessão fotográfica para o Guiness
Steve Sansweet: Obrigado. É sempre bom ter algum reconhecimento e publicidade para um museu não lucrativo, como o nosso. A nossa directora de publicidade, Consetta Parker, recebeu um e-mail em 2 de Julho de 2012, de um investigador do “Guiness World Records”, referindo basicamente que eles duvidavam do recorde que andavam a anunciar há mais de uma década – baseado em informações na Internet sobre o Rancho Obi-Wan. Pediam que respondêssemos de modo a iniciar conversações. Isso levou ao preenchimento de formulários, envio de histórias e fotos, basicamente responder a todas as questões deles. A ROW General Manager - Anne Neumann – que pensava que teria toda a colecção inventariada em seis meses quando primeiro cá chegou, há oito anos atrás, forneceu então a base de dados actualizada até à data. Depois, devido a regulamentos do Guiness, não pudemos dizer nada durante o período de um ano. 

Clone TV: Como os fãs sabem, o Steve é também o CEO do Rancho Obi-Wan, onde grande parte da sua colecção pode ser vista através de uma exposição especial que pode ser vista apenas sob marcação. Porque decidiu partilhar a sua colecção pessoal com os fãs de todo o mundo?

Steve leva a experiência do Obi-Wan Ranch a vários eventos.
Steve Sansweet: Eu próprio sou um fã de Star Wars e, durante os 15 anos em que trabalhei para a Lucasfilm., conheci vários milhares de fãs espalhados por todo o mundo. Para mim os fãs são uma das melhores coisas relacionadas com Star Wars. Mas eu não podia apenas permitir que estranhos aparecessem no Rancho Obi-Wan. Por isso tomámos a decisão de incorporar (a colecção) e tornar-nos numa organização sem fins lucrativos. O dinheiro que conseguimos angariar ajuda a pagar coisas como material necessário à manutenção do espaço, segurança, serviços profissionais e outras coisas parecidas que nos permitem fazer tours pelo menos duas vezes por semana.

Clone TV: No passado foi também o responsável pelo departamento de Relações com os Fãs na Lucasfilm Ld. Tendo tido uma relação tão próxima com os fãs de Star Wars ficou provavelmente a conhecer muitas pessoas com histórias de vida fantásticas. Há alguma em particular que tenha sido especial para si?

Steve Sansweet: Quase toda a gente que conheço tem uma história estupenda para contar. Mas há algumas incríveis de membros da Legião 501. Um membro, que estava há bastante tempo a fazer hemodiálise, iria morrer de falência renal a não ser que um dador compatível fosse encontrado. Um outro membro da Legião 501 – que nem conhecia o primeiro à altura – doou-lhe o seu rim e salvou a sua vida. E a mesma coisa aconteceu por uma segunda vez em menos de um ano! Mostra como Star Wars é uma força que nos une.

Clone TV: O Steve também é um autor, com livros publicados sobre Star Wars e guias de colecção para fãs de Star Wars. Sobre esta matéria, tem algum projecto novo que possa partilhar connosco ou, caso não tenha, há algum tema sobre o qual gostasse de vir a escrever no futuro?

Steve Sansweet: Já escrevi por esta altura 16 livros relacionados com Star Wars – enciclopédias, livros sobre o making of dos filmes e, claro, livros sobre os colecionáveis. Não estou neste momento a escrever nada, mas talvez um dia possa vir a escrever um livro sobre a fandom de Star Wars em si e o seu impacto.

Dois dos 16 livros sobre Star Wars escritos por Steve.

Clone TV: Sabemos de uma anterior entrevista que deu que o Steve já estava interessado em Star Wars ainda mesmo antes da estreia do Episódio IV, já que teve a oportunidade de ver algum do primeiro material promocional do filme enquanto trabalhava num jornal. Após todos estes anos, como se sente em relação à produção dos novos Episódios, agora sobre o comando da Disney?

Steve Sansweet: Penso que Star Wars está em muito boas mãos com a Kathleen Kennedy a produzir e o J.J. Abrams enquanto realizador. Estou ansioso por poder ir a um cinema no dia 15 de Dezembro de 2015 e ver que magia surgirá no ecrã!

Clone TV: Como também referiu numa entrevista anterior, a maioria da sua colecção foi, ao contrário do que os fãs poderão especular, adquirida com o seu próprio dinheiro, como se de qualquer outro fã se tratasse. Conseguir reunir uma colecção tão respeitável enquanto controla o saldo do seu cartão de crédito deve ter sido um exercício financeiro colossal. Poderia dar-nos algumas dicas sobre como conseguir equilibrar as nossas economias com a paixão pelo colecionismo?

Steve em 1990 na revista Lucasfilm Fan Club.
Steve Sansweet: É uma tarefa bastante difícil. Mas recordem-se que comecei a colecionar quando tudo ainda era novo nas estantes. Isso ajudou muito. Ainda assim, durante mais de 35 anos, tenho gasto a maior parte do meu rendimento disponível na minha colecção e no museu. O que sugiro aos colecionadores que façam é que se foquem apenas numa área e que comprem apenas aquilo de que gostam realmente. A família, uma casa, comida e outras necessidades da vida têm que vir sempre primeiro.

Clone TV: Gostaríamos de lhe agradecer pelo seu tempo e pela disponibilidade para colaborar no nosso projecto e responder a algumas das nossas perguntas. Esperamos poder um dia ver a sua colecção exibida em Portugal, talvez num evento futuro onde possa também estar presente.

Steve Sansweet: Adorava poder visitar Portugal! Espero realmente poder fazer isso um dia destes.


Links de Interesse:
Rancho Obi-Wan

---
FOR THE ENGLISH VERSION OF THIS INTERVIEW, PLEASE FOLLOW THIS
LINK

sexta-feira, 11 de Abril de 2014

D-tech Me regressa aos Star Wars Weekends


A empresa "D-Tech Me" regressa mais uma vez ao parque Hollywood Studios, para os Star Wars Weekends, dando aos visitantes do evento a possibilidade de ter uma estatueta de Star Wars personalizada.

Este ano haverá quatro opções interessantes para escolher. Elas incluem as duas opções anteriores: o Carbon-Freeze Me (tal como acontece com Han Solo em Star Wars Ep. V: O Império Contra-Ataca) e o molde de Stormtrooper. As novidades deste ano são os moldes da Princesa de Alderaan (Princesa Leia) e os X-Wing Pilot.


O processo funciona da seguinte forma: são tiradas diversas fotos, de diferente ângulos, dos participantes, para criar uma imagem 3D computadorizada, que depois será moldada através de uma impressora 3D. Uma vez criada, a estatueta será enviada aos clientes em aproximadamente 7-8 semanas. (O transporte internacional pode ser mais demorado.)

A experiência terá lugar no Darth’s Mall, um local disponível apenas durante o Star Wars Weekends. Este ano o local Darth’s Mall ficará localizado no Soundstage 1, entre o Toy Story Mania e o Studio Backlot Tour.

Os visitantes do parque poderão escolher entre dois tamanhos diferentes de estatuetas: a de 7 polegadas (aproximadamente 17 cm) por US$ 99.95 ou uma nova estatueta de 16 polegadas (aproximadamente 40 cm) pelo preço de US$ 1,499.95.

Cliquem na imagem para ver a diferença entre as figuras de 7 e 16 polegadas.

Esta oportunidade só estará disponível durante os dias do Star Wars Weekends 2014, que ocorrerá todas as sextas, sábados e domingos, entre os dias 16 de Maio e 15 de Junho.

quarta-feira, 9 de Abril de 2014

Governo da Tunísia pede ajuda aos fãs de 'Star wars' para salvar terra natal de Darth Vader


A Tunísia anunciou ontem o lançamento de uma campanha internacional de angariação de fundos para salvar um dos cenários do épico de ficção científica "A Guerra das Estrelas", localizado no deserto do Saara e actualmente ameaçado pelas dunas.

O cenário em questão está localizado nas dunas de Ong Jmel, no sul da Tunísia, e retrata Mos Espa, cidade onde morava o jovem Anakin Skywalker, que se transformou posteriormente na personagem Darth Vader.
É um local de culto para os numerosos fãs da saga "Star Wars - A Guerra das Estrelas".
O Ministério do Turismo tunisino, em parceria com algumas organizações, lançou a campanha "Save Mos Espa" ("Salvar Mos Espa") que pretende angariar cerca de 300.000 dinares tunisinos (cerca de 137.000 euros) para limpar o local e reabilitar algumas estruturas que apresentam fissuras por causa da areia.
"Mos Espa está localizada numa região com muito vento, ameaçada por dunas móveis que se deslocam sob o efeito do vento a uma velocidade de 15 metros por ano. Uma duna já soterrou mais de 10 por cento do local", explicou, em declarações à comunicação social, Nabil Gasmi, da Câmara de Desenvolvimento para o Turismo em zonas de deserto, uma das organizações envolvidas na iniciativa.
"Já conseguimos remover 8.000 metros cúbicos de areia em 12 dias. Infelizmente algumas partes já começaram a desmoronar-se", acrescentou o representante, durante uma conferência de imprensa.
O Estado tunisino avançou com 160.000 dinares tunisinos (cerca de 73 mil euros) para lançar os trabalhos de reabilitação, bem como está a promover uma plataforma de financiamento participativo (`crowdfunding`) para conseguir reunir cerca de 45 mil dólares (cerca de 32 mil euros). O restante montante será financiado por mecenas e doações.
"Qualquer operação [de limpeza] é forçosamente temporária, porque é uma área viva", disse Fahmi Houki, representante do Ministério do Turismo tunisino, salientando que estes trabalhos de remoção poderão dar uma "trégua" de oito a 10 anos ao local.
Esta operação faz parte da estratégia traçada pelo Ministério do Turismo tunisino, em colaboração com a sociedade civil, para transformar o sul da Tunísia, "uma área pouco valorizada", "num dos pólos do turismo em 2014". As autoridades de Tunes pretendem igualmente associar o país a outro tipo de turismo, nomeadamente cultural.
O primeiro filme da saga "A Guerra das Estrelas", da autoria de George Lucas, foi lançado em maio de 1977, dando origem a um fenómeno mundial da cultura popular e a uma das obras cinematográficas mais lucrativas de sempre.

Fonte: RTP